As tecnologias convencionais vem cada vez menos dando conta das necessidades de desenvolvimento social e de preservação ambiental, provocando, ao contrário, um cenário de aumento das desigualdades e de degradação do meio ambiente. Neste sentido, vem surgindo a concepção de tecnologias sociais e da permacultura, que tem por objetivo, justamente, definir tecnologias e usos que sejam mais adequados ao próprio desenvolvimento humano. É importante, portanto, que o próprio gestor público e social se aproprie destes conteúdos, de forma a aplicá-los na sua atuação profissional.

css.php