As atividades desenvolvidas durante a especialização estão formuladas a partir dos zoneamentos holístico da permacultura, baseadas em uma ética e princípio do design que relacionam:

Espaço bioconstruído (bioarquitetura, captação e reuso da água, design para energia solar, materiais de construção naturais, auto-construção, reuso de resíduos, planejamento solar passivo, linguagem dos padrões, etc);

Ferramentas e tecnologias (energias renováveis, tecnologias apropriadas, transporte por bicicletas, ferramentas manuais, reciclagem e reuso, etc);

Educação e cultura (leitura da paisagem e espírito do lugar, educação Waldorf, eco-alfabetização, arte educação e educação em casa, as 3 ecologias, cultura de transição e pesquisa ação, arte e música participativa, etc);

Saúde e bem-estar espiritual (parto e aleitamento em casa, medicina complementar e holística, saúde preventiva, yoga, tai chi, capoeira e outras disciplinas da corporeidade/espírito, cultura indígena, morte digna, etc),

Economia e finanças (moeda local e regional, carona e compartilha de carro, investimento ético e comercial justo, mercado de produtores e agricultura apoiada na comunidade, cotas de energia cambiável, contabilidade emergética, etc);

Posse da terra e governança comunitária (cooperativas e associação comunitárias, eco-vilas e co-habitações, tecnologias para espaço aberto e tomada de decisão por consenso, título nativo e direito tradicional de uso, etc);

Manejo da terra e da natureza (jardinagem bio-intensiva, jardinagem florestal, banco de sementes, agricultura orgânica e biodinâmica, bio arquitetura, plantio natural, linha chave para coleta de água, manejo holístico de campos, plantio em sequência natural, agroflorestal, floresta baseada na natureza, etc).

css.php